França volta a surpreender no hipismo

Ninguém esperava que os franceses fossem campeões olímpicos do Team Eventing de hipismo em Atenas 2004, eles que apenas haviam atingido um pódio olímpico em 1960, mas foram-no.

Em 2016 voltam a causar sensação ao baterem alemães, australianos, neozelandeses e britânicos para um título que se esperava rumar à vizinha Alemanha, onde três dos cavaleiros/amazonas defendiam o título olímpico de 2012 (Sandra Auffhart, Michael Jung e Ingrid Klimke, esta dourada igualmente em Pequim 2008).

Em 2012 a equipa alemã superou a britânica e a neozelandesa, quedando-se pela prata em 2016, enquanto os neozelandeses ficaram em 4.º e a Grã-Bretanha foi 5.º.

Aqui a surpresa de Atenas 2004.

Shane Rose, que fez parte da formação australiana medalha em Pequim 2008, está igualmente no bronze do Rio de Janeiro 2016.

A equipa gaulesa campeã foi composta por Karim Laghouag a montar Entebbe, Thibault Valette em Qing du Briot, Mathieu Lemoine em Bart L e Astier Nicolas em Piaf de B’Neville.

A Alemanha continua abaixo do esperado e apenas no hipismo soma as primeiras medalhas dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, foram três dias a ‘seco’ para a fortíssima selecção desportiva germânica.

Michael Jung, a montar Sam FBW, deu o primeiro ouro do Rio à Alemanha, vencendo o Evento Individual do hipismo, prova em que defendia o estatuto de campeão olímpico. Esta é uma das parelhas mais reconhecidas do circuito mundial e confirma aqui o estatuto de líderes do ranking mundial.

O surpreendente Astier Nicolas com Piaf de B’Neville foi uma das figuras no título gaulês e consegue para si a prata individual, um feito para o corrente 17.º do ranking mas figura ascendente no circuito. Desde México 1968, onde venceu Jean-Jacques Guyon com Pitou, que a França não subia ao pódio individual do Evento.

O 3.º do ranking mundial, Phillip Dutton dos EUA, com Mighty Nice, foi o bronze da competição individual.

Depois de edições com pares femininos no pódio, Sally Clark e Kerry Millikin em Atlanta’96, Kim Severson e Philippa Funnell em Atenas’04, Gina Miles e Kristina Cook em Pequim’08 e Sara Algotsson Ostholt e Sandra Auffharth em Londres’12, o Rio de Janeiro tem novamente três homens no pódio do Evento Individual.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s